Marabá
32°C
Overcast clouds

Fiscalização apreende dois caminhões carregados com madeira ilegal em Marabá

Os veículos foram apreendidos no km 9 da Transamazônica pelos fiscais da Unidade de Carajás
As carretas apreendidas na Unidade de Carajás - Crédito: Sefa/Pará
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Neste sábado (4), duas carretas foram apreendidas, no km 9 da Rodovia Transamazônica (BR-230), em Marabá, pois transportavam madeiras com nota fiscal irregular. A ação foi realizada por Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), no sudeste do Pará.

Um dos caminhões saiu do município de Senador José Porfírio, na região do Xingu e foi para a cidade de Itabaiana, em Sergipe. O outro partiu do município de Tailândia, no Pará, e seguia para o município Barro Alto, na Bahia. Ambos transportavam 71,3 metros cúbicos de madeira serrada.

Segundo o coordenador Gustavo Bozola da Unidade Carajás, fiscal de receitas estaduais: “Ao fazer a análise dos documentos fiscais, a equipe da fiscalização verificou que as notas fiscais tinham sido duplicadas. Chamamos isso de nota viajada, quando tentam burlar a fiscalização de trânsito de mercadorias utilizando notas fiscais já usadas por outro veículo, para não pagar o imposto devido”.

Na autuação, foram estabelecidos dois Termos de Apreensão e Depósito (TADs), somando mais de 10.000 reais. O custo total é de R$ 34.335,00. A equipe da Sefa chamou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), para investigar a veracidade dos documentos ambientais. A madeira deverá ficar apreendida em Marabá. (Portal Debate Carajás)

Carga tinha mais de 70 metros de madeira serrada – Crédito: Sefa/Pará

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!