Após brigar em uma cavalgada e correr para casa, um rapaz matou o próprio pai, acidentalmente, com um tiro de espingarda em Porto Acre, zona rural de Rio Branco (AC). O filho, que se entregou na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), contou à polícia que confundiu a vítima, de 54 anos, com um rapaz que teria discutido horas antes do crime durante as festividades em Porto Acre.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Martin Hessel, o autor confessou o crime e, após prestar depoimento, foi liberado. O crime ocorreu durante a noite do último sábado (6). Quando a polícia chegou ao local, o filho e a arma utilizada no crime não foram localizados.