Messias seria um dos
mandantes do crime
O Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa
(DHPP) prendeu o empresário Antônio José Messias, conhecido como “Messias da Pneu
Zero”
, 62 anos. O acusado foi detido por volta de 21 horas de ontem (26),
suspeito de ser um dos mandantes do assassinato do prefeito, Ivanildo Paiva, da
cidade de Davinópolis, oeste do Maranhão, no dia 11/11/2018.
 
Antônio Messias é fazendeiro na cidade, teve
mandado de prisão decretado pela justiça, válido por 30 dias, a pedido dos
delegados que investigam o caso. Além da prisão, a Polícia também cumpriu
mandado de busca e apreensão na fazenda do acusado, em Davinópolis. No local,
foram encontradas armas de grosso calibre, complicando ainda mais a situação do
acusado.
 
A loja Pneu Zero é gerenciada pelo filho de
Messias. Nos últimos anos, ele vinha se dedicando à atividade pecuária. Antônio
Messias foi autuado em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. O
flagrante foi feito pela delegada Silviane Tenório. Em seguida, o fazendeiro
foi encaminhado para Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI),
antiga CCPJ, onde ficou preso à disposição da justiça.
 
O suspeito é natural da cidade de Lagolândia, estado
de Goiás, porém se estabeleceu no estado do maranhão há muito tempo. “Messias
da Pneu Zero” foi candidato por duas eleições à Câmara de Vereadores de Davinópolis,
em 2008 e 2012, mas em nenhuma conseguiu se eleger. De acordo com os delegados
Praxisteles Martins e Jefrey de Paula, Antônio Messias teria pago aproximadamente
200 mil reais pela morte de Ivanildo Paiva.