Marabá
31°C
Clear sky

Disque-Denúncia eleva recompensa por assassinos de empresário

Suspeito de ser o mandante do crime já se encontra preso, mas matadores ainda não foram capturados
Raul Wolf foi executado a sangue frio por dupla contratada pelo próprio sócio | Foto: Reprodução/WhatsApp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Nesta terça-feira (1º), a central do Disque-Denúncia Sudeste do Pará divulgou o aumento da recompensa por informações que levem à prisão de quem assassinou o empresário Raul Wolf. A recompensa anterior era de R$ 1 mil, mas agora aumentou para R$ 3 mil.

O crime contra Raul Wolf aconteceu no dia 10 de novembro de 2019 em um hotel localizado no Bairro Cidade Nova, no município de Marabá.

A divulgação do cartaz tem como objetivo ajudar os órgãos de segurança a elucidar o homicídio de Raul Wolf. A coordenadora do Disque-Denúncia Sudeste do Pará, Hellen Araújo, menciona que a participação da população é sempre muito importante.

A recompensa será paga por informações que chegarem à central do Disque-Denúncia Sudeste do Pará, por meio dos telefones (94) 3312-3350 e (94) 98198-3350 (ambos funcionam como WhatsApp), ou pelo Aplicativo Disque-Denúncia Sudeste do Pará, e ao serem averiguadas pela polícia levem à prisão dos pistoleiros responsáveis pela morte do empresário.

As denúncias serão recebidas com total garantia do anonimato e o denunciante receberá um código que poderá ser utilizado para acrescentar informações, acompanhar o andamento da denúncia e caso seja procedente com resultado, o denunciante retornará o contato fornecendo esse mesmo código para receber a recompensa. A ONG Instituto Brasileiro de Cultura e Cidadania (IBCC) ficará responsável pelo pagamento. (Divulgação)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!