Marabá
24°C
Scattered clouds

Exército: Militar é suspeito de esfaquear cachorro em vila militar no Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um subtenente do Exército Militar é suspeito de esfaquear um cachorro dentro da Vila Militar Duque de Caxias, no bairro Souza, em Belém. O animal foi atingido na região lateral da face, após ter, segundo testemunhas, avançado no acusado.

Em nota, a Polícia Civil do Pará, por meio da Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (Demapa), informou que tomou conhecimento do caso e iniciou diligências para apurar a denúncia nesta sexta-feira (16).

O cachorro vivia no local e era acostumado com os moradores. O crime teria ocorrido durante a madrugada. Segundo testemunhas, o acusado já estaria atrás do animal, com uma faca nas mãos. Em determinado momento, o cachorro teria partido para cima do suspeito e sido atingido com um golpe de faca. O homem saiu do local sem prestar socorro.

O subtenente, que não teve a identidade informada pelas autoridades policiais, será acionado para prestar esclarecimentos, informou ainda a Polícia Civil. Um boletim de ocorrência foi registrado e um inquérito policial será instaurado na Divisão para investigação do caso.

Contatado, o Comando Militar do Norte informou que o animal recebeu os primeiros socorros e foi adotado por uma família de militares, que dará os cuidados necessários para a plena recuperação do cachorro agredido. Além disso, um procedimento administrativo também foi instaurado para esclarecimento dos fatos, informou ainda o Comando.

“O CMN destaca, desde já, que repudia qualquer tipo de violência contra animais e que possui histórico de tratamentos e cuidados desses seres, inclusive com acompanhamento de profissionais qualificados para essa nobre missão”, finaliza o comunicado.

Fonte: O Liberal

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!