Marabá
26°C
Scattered clouds

EUA sancionam ministro e brigada de Cuba por repressão a manifestantes

Essa foi a primeira ação do governo de Joe Biden para pressionar o governo cubano
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Os Estados Unidos impuseram sanções econômicas a um dirigente de Cuba e a um órgão de governo do país nesta quinta-feira (22).

Trata-se de uma resposta à repressão às manifestações populares na ilha no dia 11 de julho.

As sanções foram publicadas no site do departamento do Tesouro dos EUA. Os alvos foram:

  • Alvaro Lopez Miera, ministro de Defesa de Cuba;
  • A Brigada Especial Nacional do Ministério do Interior.

Essa foi a primeira ação do governo de Joe Biden para pressionar o governo cubano. O presidente norte-americano tem recebido pedidos de deputados e da comunidade de cubanos-americanos para agir contra o regime da ilha.

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!