Prova de redação foi aplicada no último domingo (3)

Você costuma se lembrar do que sonha? Ou é do tipo de pessoa que diz nunca sonhar? A jovem Patricia Specimille, de 18 anos, que mora no Espírito Santo, promete nunca mais deixar um sonho passar batido. Não, a garota não sonhou com os números da Mega-Sena, mas com o tema da redação do Enem, que aconteceu três dias após a “premonição”.

“Sonhei que o tema da redação era o valor do cinema para a sociedade brasileira”, escreveu a estudante no Twitter no dia 31 de outubro. No dia 3, ao abrir o caderno de questões e olhar o tema da redação, se deparou com a proposta: “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”.

Patricia conta que levou um baita susto quando leu o tema e soltou baixinho um palavrão. “Pensei: ‘putz, era pra eu ter estudado isso e confiado no sonho!’”, disse em entrevista ao Jornal Extra. A jovem até comentou com uma amiga sobre o sonho, mas, como ela disse que essa proposta nunca cairia, Paty não deu muita atenção. Poxa!

Ao sair da prova, Patricia estava louca para tuitar o ocorrido, o que ela não esperava é que seu antigo tweet já havia viralizado organicamente. “Gente, eu tô chocada”, escreveu após notar que estava bombando nas redes. “Escrevi sobre a falta de acesso de pessoas em vulnerabilidade socioeconômica e propus que o governo, junto com outras instituições, como a Ancine, criassem estruturas que levassem cinema às áreas rurais e periféricas”, comentou a candidata a uma vaga em Arquitetura.

Capricho