A Escola de Ensino Integral Plínio Pinheiro, em Marabá, no Pará,  encerrou, ontem (8), ao meio dia, a segunda semana de “aulas intensivas”, visando a uma melhor preparação dos alunos de 2º e 3º anos do Ensino Médio Integral para realização da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019. Os chamados “aulões” aconteceram no próprio auditório da escola e no Cine Marrocos.

A jornada pedagógica teve início no 29/10/2019, com o Prof. Walmir Gomes, da escola Escreva.Com da rede particular de ensino. Ele abriu as atividades de aprendizagem, abordando as disciplinas Artes e Língua Portuguesa. Os professores Geovane e Alex, do cursinho Avanth também ajudaram, na área de humanas, a preparar melhor os alunos. Uma parceria entre escolas particulares e a escola Plínio Pinheiro.

A maior parte das aulas intensivas foi ministrada pelos próprios professores da unidade de ensino. Nomes como Lindalva, Lúcio, Pedro Souza, Evandro, Nyll, Adriana, Fernanda, Abel, Marcleison, Jesiel, Déborah, entre outros, fizeram parte da equipe de professores, da própria escola, que ministraram aulas ou estiveram à frente da organização da jornada pedagógica destinada à preparação final dos estudantes.

Secretaria Estadual de Educação

Até o ano de 2018, equipes de professores vindas de Belém, enviadas pela Secretaria Executiva de Educação (Seduc) ofereciam aos alunos essa preparação da reta final para o ENEM, mas o governo Helder Barbalho, se não acabou o projeto, ele não chegou mais às comunidades carentes do interior do Pará.

A diretora, Profª Iolete Orquiza, parabenizou a iniciativa dos professores pelo trabalho realizado, de forma voluntária, oferecendo uma preparação mais próxima do ideal para realização das provas do Enem pelos alunos da escola Plínio Pinheiro em Marabá.

Pedro Souza