Marabá
31°C
Overcast clouds

Empresário suspeito de envolvimento na morte de professora é preso no nordeste do Pará

Adval Portugal foi preso em casa - Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um dos acusados de participar no crime que matou a professora Maria Eunice Nunes, em Moju, nordeste do Pará, foi preso no início da tarde desta terça-feira, 22. A informação é do portal Moju News.

O suspeito e empresário, identificado como Adval Portugal, foi apresentado na Delegacia de Moju acompanhado do seu advogado.

A professora Nice, como era conhecida, foi considerada desaparecida no dia 11 de novembro. Nas buscas, a polícia encontrou o carro da educadora próximo a um cemitério, no veículo foi encontrada a bolsa e um lado do brinco da vítima.

O corpo foi encontrado no dia 14 por populares em uma cova rasa. A remoção foi feita por equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Civil e do Centro de Perícias Renato Chaves. O cadáver foi transportado para Belém onde foi submetido a análise papiloscópica comprovando a identificação.

O Centro de Perícias Renato Chaves confirmou no último dia 15 que o corpo encontrado era da professora.

Fonte: Roma News

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!