O proprietário de um depósito de bebidas no bairro Nossa Senhora Aparecida, a Coca-Cola, em Marabá, foi assassinado, a tiros, na noite de ontem (8).

Carlos André Oliveira da Silva, de 45 anos, dono do Pronto Socorro Bebidas, e um funcionário estavam sentados, em frente à distribuidora, conversando sobre a partida de futebol que aconteceria a alguns minutos entre Peñarol e Flamengo.

(Foto/Reprodução)

Foi nesse momento que dois homens, sem capuz, em uma moto pararam diante dos dois. De ‘cara limpa’, o garupa então desceu e efetuou dois disparos na direção de Carlos, que teve óbito instantâneo.

O empregado saiu ileso, mas conviverá com o trauma de haver presenciado o assassinato. A 21ª Seccional de Polícia Civil investiga mais uma ação criminosa da “dupla da moto”.