O Fluminense fez história em Porto Alegre, na noite de ontem (5). O Tricolor carioca venceu o Grêmio fora de casa, por 5 a 4, depois de correr atrás de um 3 a 0 contra e com direito a gol da vitória nos acréscimos, marcado por Yony González. Os dois times jogaram futebol até os 90 minutos e promoveram um espetáculo na Arena.

Não perca a conta

Foi tanto gol que é preciso espaço para contar o autor de cada um. André, Everton e Jean Pyerre fizeram os primeiros do Grêmio, e Yony e Luciano descontaram ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Pedro e Matheus Ferraz colocaram o Flu na frente, mas Kannemann empatou mais uma vez o jogo. Por fim, já aos 46 minutos, Yony fez mais um e decretou a vitória.

Lei do ex às avessas

O Grêmio começou a partida com tudo e fez três gols em 21 minutos. Quando a partida indicava uma goleada gremista, o Fluminense reagiu no fim do primeiro tempo com duas bobeadas da defesa. No gol de Yony, os visitantes conseguiram tabelar na área antes de marcar. Depois, foi pior: Júlio César, no reencontro com o ex-clube, deu de presente a bola para Luciano diminuir a vantagem para um gol. A lei do ex saiu pela culatra e o Flu voltou para o jogo.

Vitória histórica

O time de Fernando Diniz conseguiu a vitória na etapa final, mas não antes de o Grêmio vender caro a vitória. O Flu virou com Pedro e Ferraz, mas Kannemann também marcou, e o placar apontou 4 a 4 até os 46 minutos. Foi quando Yony colocou ponto final no placar. O VAR ainda deu o ar da graça aos 50 minutos, mas o árbitro não marcou um possível pênalti para o time da casa.

Texto: globo.com