Marabá
31°C
Clear sky

Covid-19 mata dois PMs em 48 horas no Pará

Crédito: Agência Pará
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Dois policiais militares morreram vítima do coronavírus, em 48 horas, no estado do Pará. A primeira vítima foi o Cabo Jocicley Corrêa Lopes, o Cabo Corrêa, morto na quinta-feira (18), em Santarém, no oeste do Pará. O militar pertencia ao 3º Batalhão de Polícia Militar, mas estava lotado na cidade de Oriximiná, no oeste do Pará.

No início da madrugada de hoje (20), a família do Tenente Coronel da PM, Robson Martins de Oliveira, confirmou o falecimento dele após 45 dias internado, em um hospital de São Paulo. De acordo com uma irmã do oficial, o pai dele já tinha falecido, dias atrás, após contaminação pela Covid-19.

TC Robson era muito conhecido na cidade de Tailândia, onde comandou a 6ª CIPM, por duas vezes. A família anunciou a morte do militar à 1h15 da manhã. O corpo será trasladado para o Pará, onde será velado e sepultado.

De acordo com o site da Secretaria de Saúde do Pará (Sespa), existem 354.587 casos confirmados do novocoronavírus; 900 testes em análise e 8.266 óbitos confirmados. O número de vacinados chega a 119.949 doses da vacina CoronaVac, administradas entre a 1ª e a 2ª doses. A morte dos dois militares causou muita tristeza no seio de colegas de trabalho, amigos e familiares. Todo cuidado é pouco.

Cabo Corrêa estava lotado em Oriximiná – Crédito: Reprdoução.
TC Robson morreu em São Paulo – Crédito: Reprodução

Fonte: Portal Debate Carajás

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!