Marabá
26°C
Overcast clouds

Covid-19 já mata mais que qualquer outra doença, agressões e acidentes no Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, matou mais pessoas nos últimos 10 dias de abril que qualquer doença, acidente ou agressão, no Brasil. O dado é de um levantamento feito pelo portal Uol com base nos dados do SIM (Sistema de Informações sobre Mortalidade), do Ministério da Saúde, comparados aos números do Portal da Transparência da Arpen (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais) Brasil, que tem divulgado em tempo real as causas inseridas nos registros de óbito.

Os dados mais recentes do SIM são referentes a 2018. Nos últimos dez dias de abril, a covid-19 matou ao menos 365 pessoas por dia, em média. Segundo o SIM, a principal causa de morte no país são as doenças cerebrovasculares — grupo que engloba as disfunções relacionadas a vasos sanguíneos que irrigam o cérebro, como AVC (Acidente Vascular Cerebral) — com 99 mil registros em 2018. Ou seja, uma média 273 óbitos por dia.

A covid-19 também já superou outras causas de mortes com números altos. É o caso de infarto, pneumonia, diabetes, hipertensão e qualquer tipo ou agrupamento de câncer. As mortes por acidentes ou agressões (que inclui assassinatos e suicídios), em 2018, também não chegam nem sequer à metade da média diária da covid-19 no final de abril.

De acordo com a reportagem, a diferença pode ser ainda maior já que muitas mortes têm sido registradas apenas com causas genéricas — SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), pneumonia ou insuficiência respiratória — mas podem ter por trás, como agente infeccioso, o novo coronavírus.

Roma News

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!