Marabá
26°C
Scattered clouds

Corpo de mulher desaparecida é encontrado no interior do Pará

Corpo foi encontrado em um terreno baldio na manhã desta terça-feira (18), no final da 35ª rua do Bairro Santo Antônio; local seria próximo a sua residência.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Foi encontrado na manhã desta terça-feira (18) o corpo de Daniele Pinheiro, de 29 anos, que estava desaparecida desde a noite de domingo (16). O último contato que a família teve com a vítima foi após ela sair do trabalho e informar para a filha que compraria lanche antes de ir para casa.

Daniele foi vista pela última vez na orla de Itaituba, por volta de 20h30, e desde então não havia notícias do seu paradeiro. A família da vítima procurava por ela desde a madrugada de segunda-feira, quando a filha de Daniele avisou que a mãe não havia chegado em casa.

Na manhã desta terça-feira o corpo foi encontrado em um terreno baldio, na 35ª rua do bairro Santo Antônio, próximo a Chácara Lazer. Daniele residia na 36ª rua, próximo ao local onde o corpo foi encontrado.

O corpo foi reconhecido, inicialmente, por pessoas próximas a vítima que chegaram primeiro ao local após se organizarem em grupos de buscas. Por conta do avançado estado de decomposição do corpo, o que permitiu o reconhecimento foram as roupas e o relógio que Daniele usava.

O Delegado Vicente Gomes falou que o instrumento utilizado para praticar a violência só o laudo pericial poderá aprofundar. Ele acrescenta que o corpo foi encontrado em estado avançado de decomposição e não se pode afirmar se a moça morreu no local ou não. “Mais investigações serão realizadas sobre o caso.” Afirmou o delegado.

“Ela tava toda empolgada depois que comprou essa bicicleta, aí ela vinha lá da beira do rio pra casa dela (…) Ela era uma pessoa super de boa, não tinha problema com ninguém.” Disse a ex cunhada da vítima Milena Sussuarana.

Um carroceiro, que prende o seu cavalo todos os dias no local, comentou que ontem o corpo não estava ali. Ele acredita que o mesmo foi desovado no dia de hoje.

Daniele Pinheiro trabalhava na empresa Cianport, em Miritituba, mantinha um relacionamento com outra mulher e deixa uma filha de 9 anos.

Foto: Várias pessoas observavam o local. (Foto: Jordan Norato/Portal Giro)

Fonte: Portal Giro

 

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!