Marabá
27°C
Scattered clouds

Comandante afirma que não existe interferência política no Exército

Após acompanhar a parada militar de Bolsonaro, o comandante do Exército negou o desgaste da instituição.
General Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira - Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Após acompanhar o desfile de blindados fumacentos no alto da rampa do Palácio do Planalto, o comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, negou o desgaste da instituição e disse ao jornal O Globo: “Não há interferência política no Exército.”

A declaração foi dada neste sábado após o comandante do Exército participar, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, de uma cerimônia na Academia Militar das Agulhas Negras. “O Alto Comando está com o comandante”, acrescentou Nogueira.

O evento de quarta-feira (11) mostrou que o desfile organizado pelo ministro da Defesa, Braga Netto, significou uma desmoralização para as Forças Armadas e “mais uma demonstração da enrascada em que muitos fardados se enfiaram ao apoiar Bolsonaro e integrar seu governo”.

O comandante do Exército, como disse Diogo Mainardi, ainda não teve a coragem para se opor ao achaque golpista do bolsonarismo. (O Antagonista)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!