Dez pessoas foram presas entre sexta (26) e domingo (28), durante o plantão policial do final de semana. Um fato chamou a atenção da Polícia Civil de Marabá. Metade das prisões, cinco pessoas, ocorreu pelo crime de violência doméstica. Alguns homens de Marabá continuam agredindo de forma verbal, física ou assassinando a esposa pelos crimes mais banais possíveis.

Todos os denunciados foram enquadrados na Lei Maria da Penha e autuados, em flagrante, ficando presos à disposição da justiça. De acordo com o delegado Vinícius Cardoso, a Polícia Civil detectou a presença de sintomas de embriaguez em todos os homens autuados. A partir de hoje (29), os presos começarão a passar por audiência de custódia e o Poder Judiciário vai definir as sanções de cada indivíduo agressor da companheira.