O assassino, Mauro Braga, apontado como responsável por matar cinco pessoas de uma mesma família, na última segunda-feira (27), em uma comunidade próxima a cidade de Mojuí dos Campos, oeste paraense, segue foragido, causando pânico nas cidades da Região do Baixo Amazonas.

Devido ao matador ainda não ter sido capturado e diante da repercussão do caso, as prefeituras de Mojuí dos Campos e Belterra decidiram suspender as aulas nas escolas localizadas na zona rural. As autoridades aguardam a prisão do acusado para retomar as atividades escolares.

A chacina ocorreu no início da noite da última segunda-feira (27). Cinco pessoas de uma mesma família foram mortas com tiros de espingarda por um homem identificado como Mauro Braga. Entre as vítimas, estão a mãe e dois filhos do suspeito. As polícias estão fazendo uma força tarefa para prender o acusado, mas até agora ele não foi encontrado.

Segundo um policial militar, três pessoas foram identificadas: Pedro Hélio Boscheto, de 64 anos, o filho do suspeito, Douglas Boscheto de Paula, de 12, e Raimundo Silva de Paula, de 43 anos. A mãe e o outro filho, de 10 anos, ainda não tiveram a identidade revelada. A ex-companheira de Maura Braga diz que ele é uma pessoa bastante perigosa, precisa ser preso o quanto antes, porque ainda poderá matar mais gente.