Marabá
24°C
Overcast clouds

Alessandro Camilo é condenado a 24 anos de prisão pela morte de Ana Karina

Caso se arrastava na Justiça paraense há uma década
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O empresário Alessandro Camilo de Lima foi condenado a 24 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato da jovem Ana Karina Guimarães. O crime ocorreu em 2010, no município de Parauapebas, região sudeste do Pará. Alessandro, Graziela Barros Almeida e Francisco de Assis Dias foram julgados na última quinta-feira, 10, no Fórum Criminal de Belém.

A defesa de um dos réus solicitou a transferência do julgamento para a capital paraense, o que foi atendido pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJPA). Inicialmente o caso seria julgado pela Justiça de Parauapebas. Porém, foi alegado que o município não oferecia proteção suficiente aos acusados.

O empresário foi reconhecido como autor dos crimes de homicídio duplamente qualificado, aborto de terceiro e ocultação de cadáver. Francisco de Assis Dias foi condenado a três anos e 40 dias de reclusão, em regime semiaberto, por ocultação de cadáver. Já Graziela Barros Almeida foi absolvida pelos três crimes. (Roma News)

Ver a imagem de origem
Crédito: Reprodução

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!