Marabá
35°C
Overcast clouds

‘Cara de pau’: Ministério Público investiga pastor Valdemiro Santiago após venda de semente como cura ao coronavírus

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Após o pastor Valdemiro Santiago ter sido acusado por internautas de vender sementes com a promessa de uma falsa cura ao coronavírus, o Procurador, Wellington Saraiva, pediu ao Ministério Público de São Paulo que denuncie o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, por suposta prática de estelionato.

Em um vídeo publicado no Youtube nesta semana, Valdemiro aparece pedindo o “propósito de R$ 1 mil” pela compra da planta e garante o suposto benefício, além de exibir um suposto exame que comprovaria que uma pessoa teria se curado da Covid-19 após usar uma das sementes.

Ainda de acordo com o site, o procurador argumenta que pelo vídeo fica claro a comercialização da semente e por isso, o ato não se encaixa como prática religiosa, além disso, a planta já estava sendo comercializada na página oficial da Igreja Mundial. O MP-SP deve investigar o caso.

CM7

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!