A televisão pública do estado do Alabama (APT), no sul dos Estados Unidos, censurou a transmissão de um episódio recente da série infantil “Arthur” porque mostrava um casamento gay entre dois professores.

O capítulo “Mr. Ratburn and the Special Someone” (“Senhor Ratburn e A Pessoa Especial”) narra um casamento com a presença de Arthur, protagonista da produção, junto com pais, e na qual um dos professores do garoto se casa com um homem. Durante a trama, a família se mostra feliz por conhecer o casal e participa da cerimônia com normalidade.

Agência EFE