Um cantor de jazz está internado há duas semanas em hospital de Berlim (Alemanha) com ereção permanente após receber uma injeção de remédio para disfunção sexual diretamente no pênis. A injeção foi dada por um enfermeiro com quem Danny Polaris estava se relacionando. Na noite da aplicação, o galês não teve queixas. Mas dois dias depois, Danny acabou internado com dores fortíssimas no pênis. O diagnóstico: quadro severo de priapismo. Danny decidiu desabafar no Instagram, onde tem 16 mil seguidores, e publicou fotos da sua internação. Ele decidiu expor a sua história para chamar atenção ao priapismo, que pode causar danos irreversíveis ao pênis, e ao uso indiscriminado de remédios para disfunção erétil.

Meio Norte