Marabá
32°C
Overcast clouds

Triângulo amoroso termina com morte de pedreiro no sudoeste do Pará

O crime pode ter motivação passional. Vítima estaria envolvida em caso amoroso com a esposa do algoz
"Neguinho Pedreiro" foi atacado a facadas por um suspeito identificado como "Brabo" - Crédito: Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Paulo Merêncio dos Santos, conhecido como “Brabo”, é apontado como principal suspeito pela morte do pedreiro Antônio da Conceição, o “Neguinho”. O crime, que apresenta indícios de passionalidade, foi registrado no início da tarde desta terça-feira (28), na 7ª Rua, Bairro União, em Jacareacanga, no sudoeste do Pará.

Segundo informações, o suspeito do homicídio teria descoberto que a própria companheira estava mantendo caso amoroso com a vítima, o que pode ter influenciado diretamente no resultado do crime.

Brabo está em liberdade condicional por conta de uma condenação e detenção pelo crime de tráfico de drogas, em 2018.

A vítima foi assassinada na casa do sogro do suspeito. De acordo com testemunhas, Brabo teria fugido ensanguentado do local do crime, pois teria sido ferido a facão pela própria esposa. Não houve tempo para se acionar o socorro médico para Neguinho, que morreu com facadas na região do tórax.

A Polícia Militar foi acionada, mas o suspeito conseguiu fugir do local do crime. O rastro de sangue deixado por “Brabo” indica que ele se escondeu na mata. A Polícia Civil investiga o caso na tentativa de capturar o suspeito e ouvir dele a outra versão do crime. (Portal Debate Carajás, com Portal Buré)

“Neguinho Pedreiro” (à esquerda) e o suspeito “Brabo” – Crédito: Reprodução

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!