"Neném Baia", vocalista da Banda Proibida

Na terça-feira de carnaval (25/2), a partir de 10 horas da manhã, o bairro Novo Horizonte, em Marabá, começará a receber os foliões para o “Arrastão do Gaiola das Loucas/2020”.  O maior evento de carnaval da cidade iniciará com o som do DJ Kadson. Ele comandará o som do palco que ficará localizado em frente ao Sesi, próximo ao Lions Clube, ‘lincado’ com outra estrutura de som,  montada na Praça do Novo Horizonte.

De acordo com Presidente, Raimundo Neto, Por volta de 15 horas, três trios elétricos puxarão o “Arrastão do Gaiola das Loucas” pelas ruas do complexo Cidade Nova, com o retorno previsto para às 17 horas. Durante o trajeto do Bloco, não haverá som nenhum ligado dentro do circuito do carnaval. A partir de 17 horas, a Banda Carnavalesca (com instrumento de sopro) dará início aos shows, atendendo ao gosto da chamada ‘velha guarda’ do carnaval de Marabá.

Mais tarde, será a vez da Banda Tom Baiano, comandada pelo vocalista Cleiton Essencial, deixar a galera ‘pirada’, ao som de muito swing e axé. Desde 2019, a direção do Bloco Gaiola das Loucas valoriza uma atração musical de Marabá. Ano passado, Felipe Santos se apresentou para um público de aproximadamente 40 mil pessoas. Na terça-feira de carnaval, será a vez da Banda GD-20 cantar o seu rock nacional acústico em ritmo de carnaval.

Segundo Pedro Souza, vice-presidente, a partir de 21 horas, a Banda Proibida, da capital Teresina (PI) agitará os foliões, cantando os grandes sucessos de ‘Chiclete com Banana’ e ‘Chicabana’. “Galera, vai rolar muito swing, axé e pagode”, disse Neném Bahia, vocalista. Todas as licenças dos órgãos de segurança já foram liberadas e a Prefeitura Municipal irá fornecer a estrutura necessária para a realização do maior evento momesco do interior do Pará.

Debate Carajás