Marabá
27°C
Overcast clouds

Auditor é investigado por recebimento de propina no Pará

Equipes da Polícia Federal cumprem mandados de busca e apreensão | Foto: Divulgação/Polícia Federal
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Polícia Federal deu início na manhã desta sexta-feira (16) à operação Tucuxi, com o objetivo de investigar o envolvimento de um auditor fiscal em atos ilícitos, como o recebimento de propina em razão da função pública. As investigações foram iniciadas por estímulo da Corregedoria da Receita Federal.

Equipes da PF estão cumprindo dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 4ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária no Estado do Pará, além de outras medidas, como afastamento do cargo e sequestro de bens.

Caso os crimes sejam comprovados, os envolvidos devem responder por corrupção passiva, crime contra a ordem tributária e lavagem de capitais, que somados podem resultar em mais de 20 anos de prisão. (DOL)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!