Assassinos de perfurador de poços são presos em Marabá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
A investigação comandada pelo delegado Ivan Pinto concluiu que Brás, 36, morreu por falar demais (Foto: Reprodução)

No início da tarde de ontem, quarta-feira (9), dois criminosos que atuavam na periferia da Nova Marabá foram presos em mandado de prisão despachado pelo Poder Judiciário e cumprido pela Delegacia de Homicídios da 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil. Trata-se de Donizete Silva Pontes, conhecido como Loirinho, e Edinaldo Moura dos Santos, vulgo Fofo.

Loirinho e Fofo (da esquerda para a direita)

Conhecida como A Liga da Justiça, a dupla foi presa acusada de ser autora de cerca de cinco homicídios nos bairros Coca (Nossa Senhora Aparecida) e Fanta (Bairro Araguaia). Conforme o delegado Ivan Pinto da Silva, responsável pela investigação, a principal acusação que pesa sobre os justiceiros é o assassinato do perfurador de poços Brasceilton Saraiva da Veiga, conhecido como Brás, de 36 anos, em 18 de julho último. À época, o crime comoveu a população local e intrigou as autoridades na busca pela autoria do assassínio.

Brás não tinha histórico criminal (Foto: Reprodução)

Trabalhador, Brás, como era conhecido, perdeu a vida após comentar em um bar na Fanta que havia testemunhado um assassinato cometido pelos criminosos e que, além disso, prestou depoimento à polícia. Sob efeito do álcool e sem medir o tom das palavras contra os justiceiros, Brasceilton se tornou desafeto da Liga e, como o intuito da dupla era eliminar traficantes, assaltantes, usuários de droga e inimigos do logradouro público, logo teve o CPF, sobre o qual não pesava nenhum histórico criminal, cancelado.

Loirinho e Fofo foram conduzidos para a Delegacia de Homicídios e, encerradas as diligências, foram transferidos para o Centro de Triagem Masculino de Marabá (CTMM), onde permanecem à disposição da Justiça. Por fim, a tão procurada ‘justiça’ pelos bandidos foi feita.

Vinícius Soares

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!