Marabá
26°C
Scattered clouds

Assassinato de universitário intriga população de Marabá

Corpo foi encontrado no meio do mato
Jefferson foi enforcado com a própria camisa | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

As redes sociais não deixam passar nada desapercebido, isto todo mundo já sabe, mas, nos últimos dois dias, as especulações sobre o misterioso assassinato, por enforcamento, do universitário Jefferson Carlos Vieira Dias começaram a tomar corpo em Marabá, no sudeste do Pará.

O corpo da vítima foi localizado, às margens de uma estrada vicinal, em uma reserva indígena, próximo a Marabá, no sábado (22), enforcado com a própria camisa, após desaparecer de forma inexplicável. De acordo com amigos e familiares, Jefferson Vieira trabalhava como motorista em um conhecido posto de combustível, no Bairro Nova Marabá.

Segundo um amigo do acadêmico, os documentos pessoais do jovem foram encontrados dentro de um veículo, pertencente a uma locadora, abandonado em Marabá. A morte de Jefferson Vieira chama a atenção pelo silêncio que rodeia o caso. Amigos de universidade afirmaram ao Portal Debate Carajás que as respostas são sempre as mesmas, “ninguém sabe, ninguém viu”.

O estudante do curso de química, no Campus III, da Universidade Estadual do Pará (UEPA), iria concluir o nível superior em 2021. Conforme colegas de estudo, Jefferson morava com a avó, na confluência da Folha 7 com a Folha 8, no Bairro Nova Marabá. A Reportagem não conseguiu falar com o delegado Vinícius Cardoso, titular da 21ª Seccional Urbana, a respeito do andamento das investigações. (Portal Debate Carajás)

Corpo foi encontrado no meio do mato | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!