O perigoso assaltante, Juscelino da Conceição de Souza, também conhecido
como “Neguinho
do Porco”
, foi resgatado, por um comparsa, nas dependências do
Hospital Municipal de Marabá, sudeste do Pará. A ação de resgate do preso
aconteceu, na manhã de hoje (7). Uma viatura do Sistema Penitenciário chegou ao
HMM, conduzindo os detentos para atendimento médico. Assim que os agentes
penitenciários entraram nas dependências da Casa de Saúde, escoltando os
detentos, foram rendidos por um homem armado.

Segundo testemunhas, após ser resgatado, “Neguinho do Porco” fugiu
na garupa da motocicleta do comparsa, tomando rumo ignorado. Ele é considerado
um assaltante perigoso e violento, durante assaltos a ônibus e vans no trecho
entre as cidades de Marabá e Parauapebas. O meliante já havia fugido do Centro
de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama) no dia 26 de junho de 2018. No
dia 22 de setembro de 2018, em Parauapebas, ele foi reconhecido por um policial,
reagiu à prisão e foi baleado em uma das mãos. Desta vez, ele conseguiu “escapulir”,
simulando uma doença.

Uma guarnição da Polícia Militar, lotada na cidade de São João do Araguaia, por volta do meio dia, conseguiu prender um menor de idade, responsável pelo resgate de “Neguinho do Porco”. Com ele, os policiais apreenderam um motocicleta, marca Honda, placa JVK 8867, cor azul, de Parauapebas, e um revólver com três munições. O bandido também é acusado de roubo de caminhonetes no município. Juscelino Souza morava na Vila Sororó, a 35 km de Marabá, onde ajudava a família a vender hortaliças na feira da comunidade, antes de enveredar no mundo do crime.