Boletim de Ocorrência Policial, registrado na 21ª Seccional de Polícia Civil, à 1 hora, da madrugada de hoje (26), relata que a mulher de iniciais J. C. S. foi presa, após atear fogo nos móveis, no interior da quitinete onde mora, localizada no bairro Liberdade, em Marabá, sudeste do Pará. Ela apresentava visíveis sinais de embriaguez.

Na crônica policial, consta que a suspeita tentou colocar fim na própria vida, na Travessa Pará. Ao chegar ao local, os militares sentiram um forte odor de gás de cozinha, tentaram entrar no imóvel, mas a acusada estava trancada e se recusava a abrir a porta da casa.

Com a ajuda do ex-marido, os policiais conseguiram adentrar na residência e encontraram a mulher trancada em um quarto. Neste momento, as chamas consumiam cama, guarda-roupa e um ventilador. O motivo do ato tresloucado seria o fato do marido ter colocado fim no relacionamento do casal.

Na delegacia, ela foi autuada, em flagrante, pelo crime de ‘dano qualificado’, pagou fiança de um salário mínimo e foi colocada em liberdade. Segundo o BO, os bens pertenciam ao companheiro dela. A suspeita vai responder ao processo em liberdade.

Debate Carajás