Marabá
32°C
Clear sky

Após primeira vitória na Série D, ex-técnico do Remo descobre demissão nas redes sociais

Santa Cruza-PE venceu a primeira partida na Série D, mas clima entre comissão técnica e diretoria estava pesado. Depois de fazer críticas à direção do clube, em coletiva de imprensa, Leston Junior perdeu o cargo
Foto: Divulgação

O técnico Leston Junior não dirige mais a equipe do Santa Cruz, que conseguiu a primeira vitória na Série D do Campeonato Brasileiro neste final de semana, ao vencer o Atlético-BA por 3 a 2, no estádio do Arruda, em Recife.

A princípio, o triunfo poderia ser um alívio ao time, que deixa a lanterna do grupo 4 e assume a quinta posição, com quatro pontos, mas para a surpresa do comandante, horas depois a direção do Tricolor do Pernambuco anunciou nas redes sociais a demissão do treinador. Veja:

O clima entre o técnico e o clube parecia insustentável, sobretudo após a vitória, quando Leston Junior fez duras críticas à gestão do Santa, dando a entender que não há comprometimento da diretoria, entre outras críticas relacionadas ao pagamento de salários e estrutura para a prática do futebol.

“O clube está largado. Não digo que é responsabilidade de quem está na presidência porque ele está aqui todo dia, mas muitos falaram que estavam juntos, na época da eleição, mas não possuem amor ao clube. Esse clube só vai ressurgir se tiver união, dando condições aos funcionários, com dignidade. Todo mundo aqui é pai de família, precisa pagar as contas. Não somos máquinas”, disse. 

Por meio do próprio Twitter, Leston mostrou surpresa com a demissão fez um novo desabafo. “Fazer sempre o que é certo e não o que é conveniente! Desempregado (pelo que vi na rede social, já que não fui comunicado por ninguém), porém com a consciência tranquila. Sigo em paz!”.

Leston Junior é mineiro, tem 43 anos e passagem por vários clubes, entre eles o Clube do Remo. Leston foi contratado no final de 2015, para o lugar de Cacaio. Dirigiu o time por 12 jogos, sendo nove pelo Parazão e três na Copa Verde, conseguindo cinco vitórias, cinco empates e duas derrotas.

Sua passagem pelo Leão Azul foi marcada por instabilidades, principalmente após perder o primeiro turno do estadual para o Paysandu e permanecer sem vitórias por cinco jogos. Leston chegou em novembro de 2015 e foi demitido em março de 2016. (Com informações de O Liberal)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!