Marabá
30°C
Clear sky

Sexo consensual não justifica e jovem é preso por estupro de vulnerável

Apesar da relação sexual ter sido consensual, a adolescente tem menos de 14 anos e isso caracteriza o crime de estupro de vulnerável
João Martins foi preso por estupro de vulnerável | Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O jovem João Paulo Barbosa Martins, 23 anos, foi preso, em Parauapebas, no sudeste do Pará, suspeito da prática do crime de estupro de vulnerável contra uma adolescente de 13 anos, nesta terça-feira (13).

A mãe da adolescente sentiu falta da filha, pois a garota não foi encontrada em seu quarto pela manhã. A genitora teve acesso a imagens de câmera de segurança de um vizinho e viu a adolescente entrando em um condomíni0, localizado na Rua João Paulo II, Bairro Altamira, em Parauapebas.

Ao fazer buscas na área, a mãe flagrou a filha no interior do Apartamento Nº 06. Ao indagar João Paulo, o rapaz admitiu ter mantido relações sexuais com a menina. A Polícia Militar foi acionada e João Martins foi preso, em flagrante.

Ele foi encaminhado para a Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), onde foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável. O jovem ficou custodiado e foi transferido para o presídio de Parauapebas. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!