Marabá
25°C
Overcast clouds

Aparecido tenta estrangular ex e vai preso em Marabá

Foto ilustrativa de estrada vicinal alusiva à existente na vila onde o episódio foi registrado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O valentão Aparecido Francisco do Carmo foi preso, em flagrante, por uma guarnição da Polícia Militar depois de dar um tapa na orelha e tentar enforcar a ex-esposa, nesta quarta-feira (17), na Vila Cega Jega, distante 50 km da sede de Marabá. A lesão provocada pelo tapa fez a orelha da vítima sangrar, e o pescoço apresentava sinais de estrangulamento.

O casal estava separado há 15 dias, mas, segundo a vítima, Aparecido não aceita a separação. Depois de jogar a ex-companheira no chão e arrastá-la, ele teria usado as textuais: “Se você não ficar comigo, não vai ficar com mais ninguém”. Após as agressões, o indivíduo permaneceu na casa como se não tivesse feito nada de errado.

No entanto, ao avistar a viatura policial, o agressor correu e se escondeu no mato. Os policiais foram à caça dele e encontraram o elemento deitado e escondido em uma moita de mato. Aparecido foi algemado e conduzido para a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde foi apresentado pelo crime.

A vítima solicitou medida protetiva, porém afirmou que não queria ver seu ex-marido preso. O valentão foi autuado pelos crimes de violência doméstica e lesão corporal dolosa. A denúncia chegou aos policiais militares via WhatsApp. Mais uma vez a tecnologia foi utilizada para impedir a barbárie. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!