Marabá
24°C
Clear sky

Anny de Marabá marca cinco gols em único jogo e lidera artilharia de campeonato

Aos 19 anos, jogadora é cria da escolinha fundada pelos próprios pais. Neste domingo, volta a campo para enfrentar o Serra Macaense
Anny e seus pais (Iranilde e Carlos) em Marabá | Foto: Acervo pessoal da atleta
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A infância de Anny Freitas pode ser resumida em uma única palavra: futebol. A casa da atacante em Marabá, no Pará, ficava estrategicamente localizada em frente a um campinho, onde ela passava seus dias jogando com seus amigos. Há uma semana, seu talento desfilou em outro campo: a camisa 9 do Vasco marcou cinco dos 15 gols na goleada sobre a Cabofriense.

Para chegar ao Vasco, Anny teve de superar a péssima estrutura para praticar a modalidade no Pará. Seus pais, Iranildes e Carlos, sempre incentivaram o esporte na família e criaram o Centro Esportivo Bola de Ouro para que Anny e seu irmão tivessem onde treinar. No início, eles tentaram conseguir apoio financeiro da prefeitura de Marabá, mas tiveram o pedido negado.

– Eles (pais) montaram uma escolinha do zero para que eu e meu irmão continuássemos jogando. No início, meu pais tiravam dinheiro do próprio bolso para pagar a inscrição do time e podermos participar dos campeonatos.

Com o esforço dos pais, Anny conseguiu uma vaga na equipe do Paysandu aos 16 anos e foi morar com a tia Ângela em Barcarena. Todos os dias acordava às cinco da manhã para pegar a barca de Barcarena até Belém e depois entrava em um ônibus até o treino. O trajeto todo durava em média três horas.

Pelo fato de a tia ser vascaína, Anny sempre teve o sonho de vestir camisa do Vasco, e a chance veio quando o Paysandu enfrentou o clube carioca no Brasileiro Sub-18 de 2019. Naquela partida, viram o talento da atacante e, na temporada seguinte, Anny embarcou para o Rio de Janeiro sozinha para viver seu sonho.

– Quando eu cheguei no clube minha tia falava brincando: “Não esquece de mim, traz uma camisa do Vasco para mim”. É uma sensação incrível poder jogar aqui, essa camisa é muito pesada, eu não tenho palavras pra descrever.

Hoje, Anny vive seu melhor momento no Vasco e lidera, até agora, a artilharia do estadual 2021 com cinco gols, seguida de Kélen do Botafogo, com quatro gols. O Vasco volta a campo neste domingo, às 15 horas, contra o Serra Macaense, no CT Artsul. (ge)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!