Marcelo Pistorello é acusado do crime de estupro de vulnerável

Uma equipe da Polícia Civil de Marabá, através da 21ª Seccional de Polícia Civil, deu cumprimento a um mandado de prisão contra Marcelo Pistorello, na tarde de ontem (7), por volta de 15 hh30, suspeito de praticar o crime de Estupro de Vulnerável.

Marcelo é acusado de ter estuprado duas meninas de 12 e 13 anos, no complexo Cidade Nova, em Marabá. Uma das vítimas teve que ser submetida a uma cirurgia para reparar as lesões provocadas pelo suspeito. Ele recebeu a ordem de prisão no presídio, pois está custodiado por ameaçar a ex-namorada. As jovens eram aliciadas com presentes e dinheiro. 

De acordo com a Polícia Civil, a ordem de prisão de Pistorello foi expedida pelo Juiz Marcelo Andrei Simão Santos, da 2ª Vara Criminal de Marabá. A investigação foi conduzida pela Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e o Adolescente (Deaca) de Marabá,  comandada pela delegada Simone Felinto. O Portal Debate Carajás não conseguiu contato com advogado do acusado.

Com PC/PA