Marabá
26°C
Scattered clouds

Acusado de abusar de enteada, padrasto é preso em Parauapebas

Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Na noite de sexta-feira (26), o padrasto Israel Gaia de Andrade foi preso, acusado de abusar sexualmente de uma enteada de 11 anos, durante 4 anos, em Parauapebas, no sudeste do Pará. A mãe da criança denunciou o marido tarado após flagrar o crápula, abusando da garota.

Israel Gaia foi preso, a Justiça relaxou o flagrante, mas após conhecer os depoimentos, decretou a prisão preventiva do acusado no domingo (28). A mãe narrou para a Polícia Civil que que, na quinta-feira (11), flagrou o companheiro no quarto do casal, com uma das mãos sob o vestido da menina, enquanto com a outra segurava um celular, porém ele viu a mulher e teria retirado a mão das partes íntimas da criança.

Depois da cena, ao ser indagada pela mãe, no início da conversa, a vítima negou tudo, entretanto ela disse que, à noite, assim que a mãe dormia, o padrasto a retirava do quarto em que dormia com a irmã, levava para a área de trás da casa e cometia os abusos sexuais. O meliante ainda ameaçava matar a menina e a mãe caso fosse delatado.

Na delegacia, Israel Gaia negou todas as acusações e disse que nunca tocou na enteada, mas a desculpa não convenceu a PC nem a Justiça. A mulher afirmou que o acusado era uma pessoa que se mostrava correta e jamais ela imaginava que ele seria paz de cometer abusos contra garota.

Fonte: Portal Debate Carajás

(Com informações Blog do Zé Dudu – Caetano Silva)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!