No último final de semana, o governador Helder Barbalho acompanhou o andamento das obras da ponte Rio Moju (Foto: Marco Santos/Agência Pará)

O governo do Estado e a empresa Biopalma da Amazônia fecharam um acordo judicial no valor de mais de R$ 128 milhões para a reconstrução da ponte do Rio Moju (a terceira ponte da Alça Viária), que desabou na madrugada de 6 de abril.

Com esse acordo fechado na justiça, se extingue o processo do Governo contra a empresa, requerendo R$ 187 milhões, mas ainda deve continuar contra os demais réus na esfera penal.

A reconstrução da ponte está orçada em R$ 104 milhões, além de R$ 23 milhões para a retirada dos escombros que caíram no rio.

DOL