Marabá
35°C
Clear sky

Senadores agendam depoimento de Helder Barbalho na CPI da Covid

Governador do Pará deverá recorrer ao STF para não prestar depoimento
O governador Helder Barbalho está na lista de convocados pela CPI a depor no Senado | Foto: Marco Santos - 28.abr.2020/Agência Pará
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga possíveis falhas na condução do combate à pandemia da covid-19 por parte do governo federal divulgou a lista dos depoimentos previstos para ocorrer no próximo mês. A relação traz 17 nomes convocados para dar explicações em relação à crise sanitária, entre eles o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), com a data agendada para o dia 30 de junho.

O governador do Pará deverá prestar depoimentos sobre supostas irregularidades na aquisição de 1.600 unidades de bomba de infusão e outro de aquisição de 400 ventiladores ainda em 2020. De acordo com o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), além dos governadores, empresários e especialistas estão confirmados na lista. Leia:

1º de junho – Dra. Nise Hitomi (convite)
2 de junho – Dr. Clovis Arns – Professor de infectologia da UFPR e presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia
Dra. Zeliete Zambom – Médica da Família e Comunidade, Faculdade São Leopoldo Mandic
Dr. Francisco Eduardo Cardoso – especialista em infectologia pelo SES/SP
Dr. Paulo Porto de Melo – Neurocirurgião

8 de junho – Sra. Nísia Trindade Limea, presidente da Fiocruz.

9 de junho – Sr. Antonio Élcio Franco – Ex Sec. Executivo do Ministério da Saúde.

10 de junho – Markinhos Show – assessor especial no Ministério da Saúde

11 de junho – Claúdio Maierovitch ex-presidente Anvisa e da Fiocruz.
Nathália Pasternak, microbiologista e pesquisadora da USP.

15 de junho – Sr. Marcellus Campêlo – Secretário de Saúde do Amazonas

16 de junho – Sr. Wilson Witzel – ex-governador do Rio de Janeiro

17 de junho – Sr. Carlos Wizard.

22 de junho – Sr. Filipe G. Martins, assessor especial da Presidência da República para assuntos internacionais.

23 de junho – Presidente do Instituto Gamaleya (vacina Sputnick) – Requerimento a ser apresentado pelo Senador Hubesto Costa.

24 de junho – Jurema Werneck – Representante do Movimento Alerta

29 de junho – Sr. Wilson Lima – Governador do Amazonas

30 de junho – Sr. Helder Barbalho – Governador do Pará

No entanto, o depoimento dos governadores poderá não ocorrer porque a presença deles na CPI fere o Regimento Interno do Senado Federal. Apesar de três convocados se colocarem à disposição para prestar esclarecimentos aos senadores, seis deverão recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para não comparecerem à CPI e, entre eles, estaria Helder Barbalho. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!